Dicas de um engenheiro de civil para economizar energia em casa
September 29, 2020
Como economizar em um carro usado
September 29, 2020
Show all

Quanto custa a cirurgia de catarata?

A cirurgia de catarata é um dos procedimentos cirúrgicos mais comuns no mundo. Mais de 22 milhões de operações são realizadas a cada ano. Cifra que continuará crescendo devido ao aumento da expectativa de vida.

É uma condição em que os raios ultravioleta atuam nos tecidos oculares, degradando o cristalino, que perde sua estrutura e transparência e impede a visão.

Sonda ultrassônica

Os novos locais apresentam uma das técnicas mais seguras e precisas da oftalmologia moderna e do tratamento definitivo da catarata, a facoemulsificação.

 Consiste em uma sonda ultrassônica que, por meio de uma cânula, transmite o ultrassom, aspira as micropartículas, deixando apenas a cápsula da lente, pronta para o implante da lente intraocular.

Evite inflamação da córnea

A técnica utiliza ultrassom micropulsado a frio: “Esse avanço tecnológico reduz o trauma cirúrgico e permite que a técnica microincisional, MICS bimanual, seja realizada de forma muito mais eficaz e segura do que as técnicas convencionais de facoemulsificação”.

 Esta cirurgia pode ser realizada por meio de incisões menores que um milímetro, que não necessitam de suturas para o fechamento. Da mesma forma, por meio de micropulsos a frio, a inflamação intraocular é reduzida, melhorando a eficiência e a segurança.

Essa tecnologia nos permite intervir em ambos os olhos na mesma sessão e implantar lentes intraoculares, para que o paciente possa dispensar os óculos e recuperar a visão quase imediatamente após a cirurgia, principalmente nos casos de lentes multifocais trifocais.

Intervenção simultânea

Até agora, a cirurgia de catarata é realizada em ambos os olhos, mas duas intervenções diferentes separadas com uma ou duas semanas entre cada olho. 

Isso significa  esperar no mínimo um mês e dois processos de recuperação e adaptação neurológica até que a visão de ambos os olhos seja recuperada e adaptada.

Graças a esta técnica que permite uma recuperação rápida, conseguimos operar as cataratas dos olhos no mesmo ato cirúrgico para que o cérebro se adapte melhor à visão proporcionada pelas lentes intraoculares que introduzimos. 

Mais eficiência e segurança

A outra vantagem óbvia é que o paciente só precisa passar pela sala de cirurgia uma vez: Primeiro operamos um olho em condições totalmente assépticas e, no final, todos os instrumentos, roupas e luvas da equipe de cirurgia são trocados e o segundo é operado. olho. Assim evitamos possíveis infecções.

O mais complexo da dupla intervenção é realizar os cálculos optométricos das lentes intraoculares, principalmente quando se trata de lentes multifocais, que são inseridas em cada olho de forma que a melhor visão possível seja alcançada na saída da sala de cirurgia.

Sintomas principais

No início, as cataratas são muito pequenas e dificilmente alteram a visão. Aos poucos eles vão aumentando e o foco fica embaçado ou opaco como se você estivesse olhando através de um vidro translúcido.

Outro sintoma comum é a sensibilidade à luz, que é mais deslumbrante, e pouca visibilidade em ambientes escuros. Em vez disso, a apreciação das cores é perdida um pouco à medida que as quedas avançam.

Fatores de risco

  • Os principais fatores de risco associados a esta doença são:
  • Idade avançada
  • Antecedentes familiares
  • Exposição excessiva aos raios ultravioleta
  • Diabetes
  • Hipertensão
  • Obesidade
  • Fumar
  • Uso a longo prazo de certos medicamentos
  • História de lesões oculares ou cirurgia
  • Consumo excessivo de álcool

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *