Possui um comércio de alimentos? Veja como reduzir os custos!

Você tem qualquer tipo de comércio de alimentos? Seja um bar, lanchonete, restaurante? Os custos com esse tipo de comércio são altos, ainda mais que trabalhando com alimentos você deve estar sempre em dia com as regras da Agência de Vigilância Sanitária, Anvisa, e com seu alvará em dia. Qualquer que seja a regra que você descumpra pode perder sua autorização e não poder mais trabalhar nesse ramo. 

E tudo isso faz com que você tenha altos gastos, mas como o intuito é te ajudar a reduzir os custos, nós preparamos algumas dicas aqui. Continue lendo e confira!

Faça orçamentos de dedetização

Algo que deve ser feito com periodicidade são as dedetizações, já que comércios de alimentos devem ser limpos e ninguém quer encontrar baratas e outros insetos nesse local, não é mesmo. 

Para que esse não seja um gasto extremamente alto, já que será algo a ser realizado com frequência, você pode fazer vários orçamentos de empresas pedindo a sua proposta de serviço. 

E depois para diminuir os custos nessa questão também, analise a proposta de serviço de cada empresa de dedetização e escolha a melhor em termos de custo e benefício.

Assim, você consegue fechar um orçamento a longo prazo e economizar nesse quesito. 

Não desperdice

Hoje em dia muito se fala em não desperdiçar e fazer coisas mais ecológicas e isso é possível fazer até mesmo no setor de comércio de alimentos. Quando falamos em não desperdiçar não é falar para os seus clientes não jogarem a comida fora, ou até mesmo vender alimentos de vários dias que já estão prontos. 

O que falamos aqui é sobre reaproveitar da maneira certa, por exemplo, fazer a coleta seletiva e usar os alimentos orgânicos em processos de compostagem. 

Além disso, evitar o uso de utensílios de plástico como copos, facas, garfos e canudos. Sempre que possível dê preferência aos produtos de vidro, que são fáceis de serem lavados e reutilizados. 

Renegocie com seus fornecedores

Se você tem muitos fornecedores e que já trabalham com você há muito tempo, aproveite isso para renegociar com eles. Se vocês já tem uma longa relação eles com certeza não vão querer perder o cliente e vão aceitar conversar e chegar em valores que seja bons para os dois. 

Isso é melhor feito se você compra em grandes quantidades e com muita frequência. Se for um fornecedor raro, que você só compra as vezes, talvez não valha a pena. Mas dependendo do volume, você vai ver a diferença na hora final das suas contas. 

E se eles não quiserem conversar, vale a pena fazer orçamento com outras pessoas, principalmente com pequenos produtos que pode conseguir um bom valor para você. Então pense nisso quando estiver querendo diminuir seus custos. 

Fatima da Silvera