3 dicas de como economizar para comprar o seu apartamento

Existem diversos apartamentos à venda com diferentes valores, condições apresentadas pelas imobiliárias. É o sonho de muitas pessoas se ver livre de pagar aluguel, porém, para conseguir conquistar esse sonho é importante ter algum dinheiro já em mãos para poder dar a entrada e se planejar para as futuras parcelas do planejamento.

Boa parte dos casos, o comprador precisa pagar um valor alto em relação ao imóvel a vista, ou seja, quem quer comprar um apartamento, tem que estar ciente de que precisa poupar. Além desse valor de entrada, ainda tem todos os valores relacionados a documentação. Para quem quer aprender a economizar, veja as nossas dicas:

1 – Pague suas dívidas

Comprando no cartão de crédito ou usando o crediário, até ¼ da sua renda pode estar sendo comprometida só com juros. Esse é um valor considerável que pode ser poupado quando se cria o hábito de pagar usando mais o débito.

Muitas vezes é difícil evitar comprar alguma coisa parcelada, pois o gasto consegue ficar diluído mensalmente, com valores que não pesam tanto o bolso. Com essa prática, é possível que você já tenha atraído pequenas dívidas que já estão comprometendo boa parte da sua renda. Para economizar, é necessário mudar a forma de compra e deixar de lado o cartão de crédito.

Caso já esteja endividado, a dica é tentar quitar todos os valores. Não caia em tentação de pagar o valor mínimo do cartão de crédito, pois os juros são muito altos e toda a questão pode virar uma bola de neve.

2 – Guarde 30% da sua renda

Normalmente, quando se realiza um financiamento imobiliário, o valor que estará comprometido com as parcelas é de 30% do valor que se recebe mensalmente. Se você conseguir desde cedo já adequar o seu orçamento, vai ficar muito mais fácil quando começar a ter que pagar as parcelas do apartamento. Além disso, o valor que conseguir guardar com esse hábito pode contribuir para o valor pedido na entrada.

Para esses momentos, pode ser importante considerar fazer uma planilha de gastos e começar a saber para onde está indo o dinheiro, avaliando o que pode ser eliminado.

3 – Repense os grandes gastos

Se você já tem um casamento marcado, ou pretende fazer alguma grande festa logo, a compra de um apartamento pode ser mais importante. Mas, é importante também ter critério na hora de fazer um investimento desse tipo. Converse com o seu parceiro, veja o quanto tem de renda, faça uma simulação de financiamento e veja como vai ser o cenário futuro.

Se ainda não tiver o valor de entrada, pode ser importante considerar a possibilidade de adiarem esses grandes compromissos financeiros ou tentar investir em festas mais baratas. Muitos casais que planejam casamentos gostam de fazer uma grande festa, planejar uma boa lua de mel e não se importam de começar a vida a dois pagando aluguel. Mas essa é uma decisão do casal, por isso, tem que ser avaliada as prioridades e repensar os gastos.

Fatima da Silvera